Afrouxamento das medidas de isolamento em Goiás

POR MARCOS VILLAS BÔAS

 

REMENDO NOS BANCOS

Depois da imprudência na liberação de um dos serviços que mais provocam filas – os bancos e loterias, os órgãos de fiscalização e controle pressionam as instituições para que adotem medidas de socorro aos perigos da aglomeração. A proposta é contar com o fim da estação das chuvas para manter fila espaçada rua afora, limitando a entrada nas dependências e nos caixas. Funcionários ficam obrigados a usar proteção e cada agência terá de lustrar maçanetas e botões com álcool gel permanentemente.

FAZ DE CONTAS

Parecia óbvio, mas a liberação das empresas de ônibus do cumprimento dos contratos de prestação do serviço provocou escassez de coletivos e por consequência maior aglomeração de pessoas. O remendo foi da CMTC que é a única estrutura entre as capitais que não subsidia a tarifa de transporte público. Fica estabelecido assim que a proliferação da pandemia tem convite aberto nos terminais, coletivos e bairros periféricos.

ABENÇOADA DESCONHECIDA

Ou o prefeito Iris Rezende acertou sobre Goiânia ser abençoada ou as notificações sobre Corona Vírus estão subnotificados na capital. Do contrário será difícil explicar como Goiânia está com uma proliferação da doença em exatos 10% da média nacional. O mesmo vale para as mortes reconhecidas como efeito da pandemia. Para um aumento de 26% no país, Goiânia não admite mais que 9% de aumento. Entre os dias 16 e 18, nenhuma queixa de ninguém. 19 e 20, uma suspeita por dia.

LEVA E TRAZ

Os Correios anunciam hoje, em live das 15 hs, modelo de coleta gratuita de encomendas para que ninguém precise sair de casa para despachar mercadorias. A agência garante que o novo serviço não vai influenciar nas tarifas de SEDEX e PAC. O benefício só vai valer para quem tiver contrato com os correios, o que pode ser providenciado on line com 5 minutos de acesso.

Deixe um Comentário