Fundo da ONU amplia recursos para combate ao coronavírus

O Fundo de População das Nações Unidas (Unpa) está preocupado com o risco de o novo coronavírus (covid-19) prejudicar os serviços de saúde sexual e reprodutiva, e com a possibilidade de as medidas de restrição e isolamento acabarem aumentando os índices de violência doméstica.

Para amenizar esse cenário, ele anunciou que investirá US$ 90,3 mil (cerca de R$ 467 mil) em recursos próprios voltados ao enfrentamento da pandemia em populações vulneráveis.

“Outros R$ 427 mil serão mobilizados por meio de parcerias com instituições privadas”, antecipou à Agência Brasil a representante do Fundo de População das Nações Unidas no Brasil, Astrid Bant.

Segundo a entidade, o foco desses recursos serão ações visando a manutenção do atendimento de serviços como pré-natal, parto, saúde materna e parto seguro; ações preventivas à violência contra mulheres; e, também, fomentar análises do impacto da doença na população, para identificar, por exemplo, quem são as pessoas mais afetadas pela doença e onde elas estão.

Efeitos do coronavírus
A partir dessas análises, pretende-se direcionar políticas públicas efetivas, estudar os efeitos da pandemia e fomentar o desenvolvimento onde será mais necessário.

Parte dos recursos será direcionada ao fornecimento de cestas básicas e dos chamados kit dignidade, que contêm artigos de higiene pessoal, como papel higiênico, desodorante, creme dental, escovas de dentes, sabonete e álcool em gel; de higiene íntima, como absorventes; e também materiais de limpeza, como água sanitária, sabão em pó, detergente e vassoura.

Veja mais: Agência Brasil

Deixe um Comentário